Eventos

Um sorteio realizado na noite de quarta-feira (6) definiu a posição dos pescadores nas barracas que serão montadas para a 21ª edição do Festival do Camarão, realizados de 11 a 15 e 19 a 22 de julho, em Caraguatatuba. O sistema é feito para que nenhum se sinta prejudicado.

Este ano serão 20 barracas para pratos feitos à base de camarão e outras duas para doce. Lembrando que nesta edição também foi autorizada a venda de pastel de queijo e batata frita.

“Atendemos uma reivindicação da comunidade pesqueira e dos nossos visitantes e crianças que, por algum motivo, não podem comer ou não gostam de camarão”, explicou a presidente da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Silmara Mattiazzo.

“Queremos fazer uma festa grandiosa como Caraguatatuba merece e o Festival do Camarão já é atrativo que a cada ano vai se profissionalizando e agregando elementos à festa”, completou a presidente.

O Festival é realizado em parceria com a Associação dos Pescadores da Praia do Camaroeiro e tem apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca. O evento será realizado na Praça da Cultura (Avenida da Praia), no Centro de Caraguatatuba.

Esta festa visa a valorização, preservação, proteção e divulgação do patrimônio cultural e imaterial de Caraguatatuba para as gerações futuras, sobretudo o patrimônio cultural arraigado à vida pesqueira dos caiçaras do Litoral Norte de São Paulo. Tem, ainda, o propósito, de ser fonte de geração de renda para a comunidade pesqueira, com exclusividade aos pescadores de camarão da Praia do Camaroeiro após o período de defeso.