TeatroFotos: JC Curtis / Fundacc

Começa nesta quinta-feira (1º/11) a 12ª edição do Litoral Encena. O festival mais esperado do ano agita Caraguatatuba até domingo (4/11) com 20 atrações que reúnem o melhor do teatro de rua, teatro de bonecos, circo, intervenção e dança.

A abertura para o festival está prevista para as 19h na Praça Dr. Cândido Mota (Coreto). Pouco antes, às 18h, um cortejo parte da Praça Diógenes Ribeiro de Lima em direção ao Coreto, com o grupo Maracatu de Baque Virado mais artistas e artesãos locais para celebrar a abertura do evento.

O Litoral Encena é uma realização do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, Secretaria de Estado da Cultura e organização social da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte.

Com a missão de fomentar a produção artística de maneira democrática e gratuita, o Litoral Encena oferece para a população produtos culturais de qualidade com o intuito de consolidar uma política de cultura democrática na região, envolver a população e trazê-la ao encontro da arte.

As apresentações ocorrem no Teatro Mario Covas e na Praça Dr. Cândido Mota.  Elas são gratuitas e possuem classificação livre.

Programação

1º/11 – Quinta-Feira

17h30 – Concentração do Cortejo ‘Maracatu de Baque Virado e Artistas’

  • Praça Diógenes Ribeiro de Lima

18h – Saída do Cortejo ‘Maracatu de Baque Virado e Artistas’

19h – Abertura Oficial do Litoral Encena

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

20h – Teatro de Rua ‘As Presepadas de Damião’ – Damião e Cia

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

As Presepadas de Damião trata sobre como fez fortuna, venceu o Diabo e enganou a Morte com as graças de Jesus Cristo, é um espetáculo de rua baseado em contos populares sobre como enganar a morte. Na trama, Damião, homem pobre e amigo da vadiagem, tem seu destino transformado ao ser visitado por dois misteriosos viajantes – a Virgem Maria e seu filho Jesus Cristo.

21h – Teatro ‘Silêncio.Doc’ – Marcelo Varzea

  • Teatro Mario Covas

O monólogo dá voz a um homem tentando se recompor e decifrar enigmas após sofrer uma repentina separação amorosa. Com muito humor, o personagem revela ao público seu fluxo de pensamento compulsivo, enquanto discorre sobre todas as suas conjecturas, alternando a consciência da situação ora patética, ora dolorosa.

 

2/11 – Sexta-Feira

18h – Teatro de Rua ‘Em Busca do Snark Invisível’ – Magnolia Cultural

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

O espetáculo retrata a saga de uma tripulação que deseja derrotar uma criatura desconhecida. Fala principalmente sobre o medo infantil, além de outros temas importantes às crianças.

19h Intervenção ‘10 Minutos Para Você – Uma Performance Afetiva’ – Cia Uma

  • Praça Dr. Cândido Mota

Formado por seis intervenções relacionais que acontecem de formas simultâneas e complementares criando um arquipélago de pequenas ilhas de afetividade. O público é recebido um a um e pode escolher livremente seu caminho de participação entre as performances.

20h Espetáculo de Dança ‘Colheita’ – Corpo de Baile de Caraguatuba

  • Teatro Mario Covas

O espetáculo trata dos conflitos gerados na vida urbana, da interdependência do outro na formação do ser individual e, principalmente, a questão da alteridade na vida humana, fazendo o público refletir sobre se colocar no lugar do outro, além enxergar o próximo com alguém que contribui em minha formação.

21h – Dança de Rua ‘Danças Urbanas’ – Núcleo Manifesto

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

21h30 Teatro de Bonecos ‘Cocô de Passarinho’ – Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

A montagem conta a história dos poucos moradores de uma nova vila que se encontram todos os dias na praça, mas não têm muito que falar. Suas vidas monótonas e sem perspectivas são transformadas por um problema que enfrentam todos os dias: o cocô que os passarinhos fazem em suas cabeças.

22h e 00h Teatro ‘Noites no Museu’ – Coletivo Teatral Saturnália

  • Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (MACC)

A peça percorre as instalações do museu, utilizando-as como um palco vivo e conta de forma original e criativa as famosas lendas da cidade, Corpo Seco, Lobisomem e Menino Porá.

 

3/11 – Sábado

18h – Teatro de Mamulengo ‘Simão e o Boi Pintadinho’ – Teatro de Mamulengo do Mestre Valdeck de Garanhuns

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

O coronel Vicente Pompeu vai realizar uma grande comemoração para celebrar o noivado de sua filha Rosinha. Ele chama seu braço direito, Simão, para ajudar. O coronel quer a festa seja uma grande folia brasileira. Mas um Gringo e um Político querem modificar tudo para colocar coisas mais “modernas” e atacar o Boi Pintadinho, a principal figura da brincadeira.

19h – Espetáculo de Dança ‘A Mão do Meio – Sinfonia Lúdica’ – Companhia de Danças de Diadema

  • Teatro Mario Covas

Mostra a fabulosa aventura de uma mão que, fascinada por movimentos, parte à descoberta do corpo. Pouco a pouco se torna uma verdadeira colecionadora de gestos. Uma sinfonia lúdica composta de movimento, som e luz, que nos faz mergulhar num mundo feito poesia.

19h – Teatro de Lambe-Lambe ‘Baús do Tesouro’ – Cia. Artística Avenida Lamparina

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

Três piratas atrapalhados estão à procura do norte, onde deverão aportar em busca do maior de todos os tesouros. Mas, antes, mostram suas monstruosas, cavernosas e indeglutíveis histórias a quem tiver coragem de espiar.

19h30 – Intervenção ‘Naïfs’ – Daiane Baumgartner e João Sobral

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

Depois da perda de seu marido, Violeta vai para a casa de seus filhos levando tudo o que tem. Na estação de trem encontra Antonio Bento, um músico de rua e inventor que passa seus dias ali na estação, entre chegadas e partidas.

20h – Contação de História ‘Nhá Rita e Leco Borba – Contação de Causo’

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

20h30 – Espetáculo de Dança ‘Danças Urbanas’ – RT Dança de Rua/Dual Dance

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

21h – Teatro de Rua ‘A Pereira da Tia Miséria’ – Núcleo Ás de Paus

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

A Fome personificou-se em uma criança nascida da miséria e, desde então, percorre o mundo trazendo sofrimento a todos. Tia Miséria engana a Morte, que acaba ficando presa em sua árvore e, em um acordo feito diante do olhar de todos, Tia Miséria liberta a Morte e pede em troca que a sua vida não seja levada.

 

4/11 – Domingo

18h – Espetáculo de Dança ‘Abissal’ – iN SAiO Cia. de Arte

  • Teatro Mario Covas

Neste espetáculo cada artista desenvolve seus padrões corporais numa construção poética de profundidades individuais, criando e recriando justificativas para os nossos padrões artísticos instintivos. O público assiste aos momentos de ida e volta às zonas alcançadas, que trazem imagens como finitude, resistência, perversidade, feminino, opressão, atritos, num ambiente essencialmente denso.

18h – Espetáculo de Dança ‘Danças Urbanas’ – Geração Futuro

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

18h30 – Teatro de Bonecos ‘Menino Coragem’ – Cia. Articularte

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

Um menino e sua irmã se perdem de sua família e vivem uma aventura inusitada, enfrentam situações estranhas, perigosas e também divertidas. Com muita coragem, eles serão obrigados a cruzar uma floresta escura, com seres surreais, depois um mar de criaturas marinhas fantásticas até chegarem a uma nova terra, onde terão que se adaptar à vida daquele povoado.

20h – Espetáculo Circense ‘Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co vô? – Circo Navegador

  • Praça Dr. Cândido Mota (Coreto)

Num encontro inusitado o palhaço Surubim encanta a plateia com sua ingenuidade em situações de tensão, emoção, técnica e muita graça. De maneira bastante irreverente, este personagem provoca o público para uma vivência divertida e “descompromissada”, por meio das rotinas de um show circense, misturando cenas clássicas e criações próprias, equilibrando-se entre o deboche e a elegância.