Telefone

12 3897-5660

E-mail

contato@fundacc.sp.gov.br

Horário de funcionamento

Seg - Sex: 8h às 17h30

Bailarinos concorreram com outros quatro grupos (Fotos: Divulgação)

O Corpo de Baile de Caraguatatuba recebeu, na noite de segunda (29), o Prêmio Governador do Estado para a Cultura, o mais alto prêmio cultural do Estado, pelo espetáculo “Colcha de Retalhos”. O troféu foi entregue em cerimônia realizada no Theatro São Pedro, em São Paulo, pelas mãos do renomado coreógrafo, diretor e bailarino Ismael Ivo. Outros artistas em nove categorias foram premiados.

Mais quatro grupos participaram da votação pública, que estava disponível no site do Prêmio. O Corpo de Baile venceu com 62% dos votos. Ao receber o troféu, a diretora artística do grupo e coordenadora de dança da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Cristina Neves, agradeceu: “Esse prêmio é o resultado de um trabalho continuado em dança e também redescoberto através do Projeto ‘Qualificação em Dança ao olhar do Ismael’, da Cássia (Navas) e de muitos outros que tornaram possível nós estarmos aqui hoje”, conta. “Pudemos circular com esse espetáculo e, para nós, é uma satisfação muito grande. Um impulso a mais para a continuidade”.

Ismael Ivo parabenizou o grupo. “É um grupo pelo qual eu tive grande prazer em auxiliar e avaliar. De uma sala de 30 alunos, normalmente sai um bailarino. No Qualificação em Dança tivemos vários grupos e só o Corpo de Baile se destacou”.

Para a presidente da Fundacc, Silmara Mattiazzo, o prêmio é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo grupo e um orgulho para a cidade de Caraguatatuba. “Um orgulho para cada apresentação realizada, para a dedicação de cada um desses  meninos que ensaiam incansavelmente para apresentar o mais belo espetáculo”.

Ela ainda fez questão de parabenizar a diretora do grupo, Cristina Neves que tem levado os bailarinos a buscar o que há de melhor dentro de cada um. “A Cristina está sempre com o grupo, coordena nossa área de dança e descobre o talento existente em cada profissional”.

O Prêmio

Criado em 1950, o prêmio era disputado pela classe artística tanto pelo reconhecimento proporcionado, quanto pela quantia oferecida aos vencedores. Pessoas, entidades, grupos e obras são homenageados na premiação, que é uma das maiores da área cultural.

De acordo com José Luiz Pena, secretário estadual da Cultural, “dentre os indicados, buscou-se valorizar não só a produção das regiões centrais da capital, mas também ações e personalidades que atuam nas bordas da cidade de São Paulo, artistas e coletivos da grande São Paulo e Interior, garantindo assim abrangência estadual.

De acordo com Cristina, o objetivo agora é continuar o trabalho e ir pelo caminho da profissionalização. “Eles (Corpo de Baile) não são mais tão jovens assim, colheram esse fruto e isso se agrega ao currículo de cada um”, explica Cristina. “Vamos inscrever uma nova produção no ProAC – Programa de Ação Cultural para circular o quanto for possível, já que a intenção do artista é sempre estar com o público”.

Corpo de Baile de Caraguatatuba

Desde 2001 o grupo participa dos principais festivais de dança do país. Por conta do amadurecimento técnico e artístico, em 2008 começou a realizar um trabalho profissionalizante, onde os intérpretes dedicam-se à pesquisa e criação de composições coreográficas.

Colcha de Retalhos

Com duração de 40 minutos, o trabalho relata o olhar que o homem lança sobre o mundo que o cerca e sobre si mesmo.

Quando o particular (individual) se impõe, instaura-se um conflito, um elemento de perturbação. Inspirado no pensamento de Platão onde a contemplação é a forma que este homem encontra para transformar a si mesmo.

Ele não está confinado no próprio mundo, mas mantém uma relação constante com o suprassensível, com as idéias e com o inteligível. Dessa maneira, o homem deveria mergulhar com atenção em si. ‘Colcha de Retalhos’ propõe um relato intrínseco da importância do ser individual no conjunto sociedade.

O elenco é composto pelos integrantes do Corpo de Baile Cristian Rocha, Valdinei Silva, Elisa Venâncio, Barbara Detusk, Samantha Delfino, Ysadora Dias e Octávio Poletti.

Posts Relacionados