Outros

Caraguatatuba recebe entre os dias 2 e 4 de março artistas, produtores e gestores de todo o Estado de São Paulo durante a realização do Fórum do Litoral, Interior e Grande São Paulo. O encontro promove diálogos sobre políticas públicas de cultura direcionadas a essas regiões historicamente com menor investimento e pouco reconhecimento do setor público.

Nesta 10ª edição foram inscritos mais de 190 participantes vindos de 36 municípios paulistas para debater a arte em sua dimensão estética e política, aprofundando a discussão sobre ampliação e permanência de políticas culturais ainda incluindo à pauta questões próprias do movimento.

“O Fórum é um instrumento de luta de artistas e produtores residentes no interior, litoral e Grande São Paulo. Somos um movimento formado por pessoas que produzem arte e cultura e atuam na construção de políticas públicas municipais e estaduais, visando minimizar as dificuldades no setor. Neste ano, aqui no Litoral Norte, estaremos revendo as estruturas de nossa organização e ampliando as formas de participação e de decisões, tornando-o cada vez mais um local de debate e acolhimento dos mais diversos modos de produção”, explica Roberto Rosa, um dos fundadores do movimento.

O FLIGSP é organizado pelo Fórum de Cultura do Litoral Norte e conta com o apoio da Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC). Sua realização representa um ganho simbólico para todo o Litoral Norte, uma vez que a troca de experiência, marcada pela diversidade, qualidade dos debates, dentre outras características, aumenta a potência e muitas vezes transforma a produção cultural da região onde acontece. Da mesma forma, os participantes que chegam das mais diversas regiões do Estado, terão mais contato com o lugar.

“Realizar esta edição aqui em Caraguatatuba é reconhecer o trabalho que o Fórum de Cultura do Litoral Norte vem realizando neste último ano, promovendo o encontro, gerando potências e construindo pensamento”, valoriza Roberto Rosa, que estimulou a formação do fórum na região.

A participação das atividades e das plenárias é gratuita e aberta ao público, que deve chegar com antecedência de 30 minutos e fazer o credenciamento na entrada.

Histórico do FLIGSP
Desde 2007 o Fórum do Litoral, Interior e Grande São Paulo atua defendendo a conquista de Políticas Públicas para a formação, pesquisa, produção e difusão cultural, com intuito de oferecer alternativas que garantam a continuidade e a permanência do artista cênico e o desenvolvimento das Artes da Cena nas diversas regiões do Estado de São Paulo.

Ele formou-se com o objetivo de construir um novo olhar que garanta aos artistas o acesso verdadeiramente democrático e amplo a programas e verbas públicas estaduais, bem como as condições de desenvolvimento de trabalho artístico em suas cidades e regiões, evitando assim o êxodo involuntário dos artistas e garantindo o acesso da população de todo o estado às suas referências culturais, simbólicas e arquetípicas.

O movimento acredita que através da ação coletiva da sociedade civil organizada é possível provocar a reflexão e o desenvolvimento dos sensos estético e ético, compartilhados pela comunidade, tão necessários para o desenvolvimento de seu patrimônio imaterial e indispensáveis para a construção do sentimento de pertencimento e orgulho da identidade do povo que constitui a cultura de uma nação.

Histórico do Fórum de Cultura do Litoral Norte
Fundado em 2017, o Fórum de Cultura do Litoral Norte é um espaço vivo, democrático, plural e permanente de articulação, formado por artistas, fazedores de cultura, grupos, coletivos e organizações de natureza cultural. Abrange os 4 municípios que formam o Litoral Norte de São Paulo: Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

Ele é, essencialmente, um processo contínuo e tem como objetivo integrar e articular as ações entre a sociedade civil e o setor público desses municípios para fortalecer o avanço e a consolidação de políticas públicas de Estado que garantam o acesso universal à criação, fruição, produção, defesa da diversidade, do patrimônio material, imaterial e potencialização da economia da Cultura.

O Fórum nasce de muita militância e ativismo presentes em encontros que ocorreram anterior a sua fundação, tais como: Encontro de Políticas Públicas de São Sebastião (2015), Encontro sobre Ética em nossos tempos (2016), Reunião de Coletivos do Litoral Norte (2016), Reflexões da Cultura no Litoral Norte (2017), dentre outras iniciativas que somam essa trajetória.

Programação
– 02 de março (sexta-feira)
16h | Credenciamento
19h | Apresentação do FLIGSP
20h | Jantar
21h | Lançamento do site do Fórum de Cultura do Litoral Norte
21h30 | Análise do diagnóstico dos coletivos de cultura do Litoral Norte

– 03 de março (sábado)
8h | Café da manhã
9h | Plenária: Debate sobre formas de organização; mecanismos de participação e escolha; e, pautas para a atuação do FLIGSP em 2018.
12h | Almoço
14h | Plenária: Debate
19h | Jantar
20h | Ponto de encontro

– 04 de março (domingo)
8h | Café da manhã
9h | Plenária: Debate
12h | Almoço
14h | Conclusões Finais e redação da carta do Fórum

Serviço
10º FLIGSP
02 a 04 de março de 2018
Rua Antônio Rosa Botelho, 51, Porto Novo, Caraguatatuba, SP.
Participação nas atividades gratuita
Alimentação (almoço e jantar): R$ 15 a reserva das refeições deve ser feita no credenciamento
Público alvo: artistas, ativistas da cultura e produtores de todo Estado de São Paulo
Mais informações: fligsp.org