OutrosFotos: JC Curtis/Fundacc

A contadora de histórias Rita Brugnerotti foi selecionada para ministrar uma oficina durante o 5° Festival Nacional de Contadores de Histórias de Ponta Grossa (PR) a ser realizado em maio.

O projeto selecionado foi elaborado por Rita durante a Oficina de Projetos e Captação de Recursos, oferecida em 2018 pela Incubadora de Projetos Culturais da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, quando recebeu orientação para estruturação de sua proposta.

A oficina “O Ofício de Contar Histórias” será realizada de 7 a 10 de maio, preparando os contadores nos dois primeiros dias para a apresentação dos resultados do processo de aprendizado nos dois dias finais.

“Estou muito feliz, pois irei a Ponta Grossa representando Caraguatatuba”, disse Rita Brugnerotti, a Nhá Rita, oficineira da Fundacc que conta histórias no MACC – Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba, todos os sábados, junto com seu colega Angelo Pereira, o Leco Borba.

No ano passado, a dupla de caiçaras foi a única que teve o privilégio de entreter os visitantes do Revelando São Paulo, mostra da cultura tradicional do Estado realizada anualmente na capital, levando histórias caiçaras, causos e lendas para o público que fez questão de interagir com os contadores.

Nhá Rita e Leco Borba estão juntos há 10 anos, formaram a dupla para contar causos durante o Festival do Camarão de 2008. Eles têm cadeira cativa de apresentação no MACC, mas também divertem público variado em espaços como a Casa de Saúde Stella Maris, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Asilo, escolas municipais e particulares, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Detenção Provisória (CDP) ou onde forem chamados. Para isso, é só agendar pelo telefone do MACC (12) 3883-9980.