Oficinas Culturais

Um rodízio com 19 pizzas marcou a formatura de 20 alunos que durante 10 dias participaram do Curso Livre Profissionalizante promovido pela Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba –  no último dia 24, no Centro Comunitário e Cultural “José Agostinho de Souza”, no Morro do Algodão. Os aprendizes estão animados porque os resultados já aparecem.

Aos 20 anos, Willian Iago Dias, morador no Morro do Algodão, conta que já tem encomendas para fazer suas pizzas. “Meus amigos que souberam que fiz o curso de pizzaiolo querem comprar e o mais interessante é que também aprendemos sobre custos dos produtos de forma a dar um preço justo”.

As amigas Adriana Cristina Ferreira, 40 anos, e Lucilene Gonçalves de Carvalho Pinto, 42 anos, do bairro Golfinhos, procuram fazer todos os cursos possíveis de alimentação e ficaram encantados com o que aprenderam nas aulas.

“O curso foi muito bom. Ajuda na renda, a conhecer pessoas e até a combater a depressão”, diz Lucilene.

Adriana conta que a economia é muito importante tanto que conseguiu fazer 20 pizzas para comemorar o aniversário das filhas de 15 e 22 anos. “Gastei só R$ 50 e deu tudo isso de pizza”.

Para o marceneiro Valter Lúcio Santana Rocha, 43 anos, também morador no Golfinhos, a oportunidade de participar do curso surgiu no momento certo. “O curso foi maravilho e aprendi que o segredo é ter as medidas certas para que a massa fique no ponto”.

A dica é reforçada pelo professor dos cursos, Marcos José de Paula, que destaca que a massa é a base de tudo. “A massa feita da forma correta permite uma combinação de sabores e recheios variados”.

Nesta segunda-feira (26) tem início as aulas para mais 20 alunos que querem aprender a fazer pizza e esfiha. São 10 dias de curso e os participantes terão a oportunidade de aprender uma nova atividade com possibilidade de geração de renda e lucro.