Cine-Foto-SomEcologia

A exibição do curta metragem ‘Praia de Plástico’, na noite de sexta-feira (7), na Praça do Caiçara, fez os presentes discutirem sobre a importância da conscientização ambiental. A iniciativa ocorreu dentro do projeto ‘Cinema nos Bairros’, da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba como parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente.

Produzido pela Associação Caraguatás Ambiental (ACA), o filme fala sobre a ocupação da Praia da Mococa, na região norte de Caraguatatuba, e suas consequências. O presidente da entidade, Pedro Caetano, alertou que o município já chegou a contribuir com 45% do total de manguezais do Litoral Norte e hoje restam menos de 5%. “Não estamos dando a devida importância para esse tema”.

Já o vice-presidente da ACA, Roque Alves Pereira, destacou estudo do Instituto de Oceanografia da Universidade de São Paulo (IOUSP) onde aponta que até o final do século haverá elevação do nível do mar em 1,60 metro, sendo 80 centímetros nos próximos 40 anos. “Muitas casas estão comprometidas e temos de pensar nas gerações futuras, nos nossos filhos e netos que podem encontrar uma região devastada se nada for feito”.

O produtor rural Alexandre Luiz Campos Serra, de Abra de Dentro, destacou que o filme é triste ao mostrar como a população tem prejudicado a vida marinha. “Nós que usufruímos da praia temos de dar atenção ao nosso lixo”.

Na avaliação da professora de Biologia, Ana Rosa, “é preciso sensibilizar para pensar na nossa região que é tão linda, mas está suja. Temos de praticar hábitos saudáveis”.

Ex-escoteiro, Anderson Luis Gonçalves Junior foi fundo no debate: “nada muda se não mudarmos a mentalidade” e fez um questionamento: “Será que não tem outra opção além das sacolas plásticas dos supermercados. O que me preocupa são as pessoas saírem da zona de conforto, de deixar as suas prioridades”.

A coordenadora de Ecologia e Cine, Foto e Vídeo da Fundacc, Bruna Caldas, destaca que o objetivo do encontro foi retomar o projeto Cinema nos Bairros com uma discussão sobre esse tema tão urgente.

As próximas sessões serão nos dias 19, às 13h, no Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso (Ciapi), com o filme ‘O Exótico Hotel Marigold’, como ação alusiva ao Dia Mundial da Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, e no dia 29, às 19h, no Campo de Futebol Society do Ipiranga, com o documentário ‘Caiçara – às Margens do Brasil’, em comemoração ao Dia do Pescador.