MúsicaFotos: JC Curtis/Fundacc

A música ‘Lua de Luz’, do pianista Samuel Gustinelli, letra de Marilia Abduani e interpretação de Aline Outa, de Ilhabela, foi a vencedora do 2º FECC – Festival da Canção de Caraguatatuba realizado no fim de semana.

A leveza da música na voz suave de Aline conquistou os jurados na primeira noite da apresentação. Eles receberam R$ 2 mil oferecidos pela Escola de Música E-Brasil e o direto de gravar a canção. “Foi incrível a oportunidade de participar deste festival, com esse nível”, disse Aline Outa.

A segunda colocação ficou com Edson Souza e Banda, de Jacareí, que apresentaram o rock ‘Seguindo Meu Coração’. Ele foi o último candidato da segunda noite do FECC e teve como prêmio um violão da marca Tagima modelo TW – 25.

A cantora caraguatatubense, Luana Mascari, conquistou a terceira colocação com a canção ‘Ser Liberto’ e uma bolsa de estudos de três meses oferecida pela E-Brasil.

Ela conta que essa foi a primeira música que conseguiu fazer na vida mesmo sendo musicista há 15 anos. “Ela fala sobre liberdade e um movimento importante que passei na minha vida”.

Em relação a realização de festivais, Luana agradece à Fundacc e destaca que  eles são oportunidade para que o músico possa ter um espaço e mostrar seu trabalho autoral e atingir as pessoas com suas criações.

Fotos: JC Curtis/Fundacc

Fotos: JC Curtis/Fundacc

Embora o concurso só permitisse a premiação dos três primeiros colocados, Silmara Mattiazzo, presidente da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, fez questão de cumprimentar todos os 18 participantes destacando que todos são vencedores.

“Essa é uma oportunidade de vocês, músicos, mostrarem o que escrevem, o que pensam para mudar o mundo e terem a ousadia de se mostrar perante ao público”, disse Silmara, acrescentando que abraçou a ideia proposta pelo Maestro Zé PP, presidente da Associação de Músicos de Caraguatatuba para prestigiar cada um que coloca o seu sentimento na canção.

O representante da E-Brasil, Daniel Carlota, lembrou que a história da Música Popular Brasileira passa pelos festivais, por isso sua importância na criação dessa cultura. “São três vencedores e todos merecedores de estarem no palco”.