OutrosFotos: JC Curtis/Fundacc

A história de um caiçara que, aos poucos, vê a profissão de seus avós, pais, amigos ser alterada pelo meio no qual vive. Esse é o tema das Tirinhas produzidas pelo cartunista Luciano Murídeo, que têm como personagem ‘Pedro Fora da Concha’ e farão parte da exposição a ser aberta no próximo dia 7, Feriado da Independência,  às 19h, no Caraguá Praia Shopping.

A exposição vai até o dia 9, com caricaturas ao vivo a partir das 14h da Sala 12 A (Térreo) do Caraguá Praia Shopping. Ela conta com apoio da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba, E-Brasil, Pit Stop Bar e Jornal do Massaguaçu.

Mensalmente, Pedro estará no Jornal do Massaguaçu, editado pelo jornalista Regis Thiago. Ele relata que a criação se deu como forma de ajudar a resgatar a tradição e a cultura caiçara.

“Não podemos deixar que essa cultura acabe. É muito importante fazer as pessoas refletirem sobre passado, presente e futuro da cultura caiçara”.

O cartunista Luciano Murídeo desenha desde crianças. Aos seis anos ficou em segundo lugar em um concurso de desenho e isso o  motivou a tentar um primeiro lugar.

Mas a vida de artista continuou em segundo lugar. “Foi no começo da minha vida adulta que comecei a fazer pequenos trabalhos, pequenas encomendas, publicidade e freelas de caricaturas e charges”.

Fotos: JC Curtis/Fundacc

Fotos: JC Curtis/Fundacc

Nos últimos dez anos ele se dedicou a ser marido e pai. Porém, recentemente, depois de perceber que esse pai e marido não estavam inteiros, decidiu dedicar-se ao artista. “Hoje empreendo a difícil tarefa de ser marido, pai e artista”.

Personagem

Todos os dias Pedro ia para o mar com a intenção de voltar com peixes para casa. Assim fazia seu pai, seus avós e todos que conheceu como pescador. Mas as coisas mudaram e ao lado do rancho onde guardava a canoa e a rede, agora tem turistas que estacionam seus carros.

O som do quero-quero é abafado pela música alta. Para chegar ao mar com sua canoa precisa desviar de guarda-sóis e onde havia chapéu de sol e abricó, tem quiosques. E é no final do seu dia que ele tem a maior das mudanças. Ele volta pra casa sem peixe.

Assim, Pedro, o pescador, tornou-se Pedro Fora da Concha, um pescador em crise que reflete sobre seu dia a dia junto de seu marisco imaginário e irônico.

 

Serviço

Exposição Tirinhas Pedro Fora da Concha

Abertura: Dia 7/9

Horário: 19h

Local: Sala 12ª – Caraguá Praia Shopping