Outros

Ceminha apresentou seu terceiro livro na exposição (Foto: JC Curtis/Fundacc)

O 20º Festival do Camarão, realizado pela Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba – e Prefeitura de Caraguatatuba, em parceria com a Associação dos Pescadores do Camaroeiro, foi um sucesso nas vendas do crustáceo, mas também na parte literária.

Uma das atrações foi a exposição de livros de escritores locais que autografaram e venderam os suas obras. Um dos livros mais vendidos foi ‘ O Camaroeiro’, da autora Iracema Mendes, mais conhecida como Ceminha, que comercializou 27 exemplares.

 

Nascida em Caraguatatuba, Ceminha é filha, neta e irmã de pescadores. O seu terceiro livro traz a história do entreposto do Camaroeiro, poemas, verbetes caiçaras, receitas e imagens que foram passadas pela sua família, resgatando a cultura caiçara.

A autora disse que a animação da festa ajudou nas vendas e que este espaço é importante para propagar a cultura e o nome da cidade. “Os turistas levam o nome da nossa cidade, pois quem vive aqui está habituado com a vivência caiçara”.

Outra coleção que vendeu bem foi “Fábulas”, da escritora Pamyla Ferra, que fala como o Festival ajudou a divulgar o seu nome. “É extremamente importante para a cidade de Caraguá saber que existem bons escritores locais”.