Telefone

12 3897-5660

E-mail

contato@fundacc.sp.gov.br

Horário de funcionamento

Seg - Sex: 8h às 17h30

A cultura brasileira despede-se nesta sexta-feira (12) de um de seus maiores artistas e colaboradores, o artista plástico, ceramista, pintor, desenhista e mestre Antonio Carelli.

Nascido em 7 julho de 1926, em Mumbuca, distrito de Capivari (SP), Carelli iniciou seus estudos artísticos com Yoshiya Takaoka em 1945, frequentando sessões de modelo vivo na Associação Paulista de Belas Artes e no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand.

Na década de 1950 viveu em Paris, onde frequentou a Académie Julian e a Académie de La Grande Chaumière. Lá, estudou desenho e pintura com André Lhote. Em 1952, iniciou o curso de mosaico de ravenna na Escola de Arte Aplicada Italiana. Participou da equipe do mosaicista Lino Melano e realizou murais em edifícios franceses com base em maquetes de Fernand Léger.

De volta ao Brasil, fez pinturas murais e trabalhou com Bonadei, pintando paisagens do Litoral Norte de São Paulo. Lecionou Desenho na Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), entre 1967 e 1983. Em 1979, criou o Ateliê 74, onde ensinou desenho, pintura e mosaico.

A partir de 1983, passou a dedicar-se exclusivamente à pintura. Mudou-se para Caraguatatuba em 1986 e criou o Projeto Arte Litoral Norte, um movimento artístico que incluía a realização de exposições, debates, publicações e vídeos.

Em 1999 participou da criação do ‘Núcleo Desenho Vivo’ no Projeto Arte Litoral Norte. Carelli foi um dos responsáveis pela introdução da arte cerâmica em Caraguatatuba, ao lado de Mieko Ukeseki e Sandra Mendes, e pela implantação da Rota da Cerâmica, em 2009.

Em parceria com a FUNDACC realizou um curso de cerâmica, passando a atuar como colaborador e apoiador da Cultura em Caraguatatuba.

Em homenagem ao seu trabalho e trajetória, Carelli recebeu um lugar especial nas paredes do Teatro Mario Covas, onde está exposta, permanentemente, uma obra de 7m². Ele também foi homenageado como patrono do Espaço de Exposições Itinerantes do Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (MACC).

A Presidente da FUNDACC, Silmara Mattiazzo, destacou a importância de Carelli para a cultura, não só de Caraguatatuba, mas de todo o país. “O mestre deixará saudades a todos que o conheceram, mas certamente seu trabalho será imortalizado para as próximas gerações e estará sempre registrado na história de Caraguatatuba”.

Posts Relacionados