Telefone

12 3897-5660

E-mail

contato@fundacc.sp.gov.br

Horário de funcionamento

Seg - Sex: 8h às 17h30

Em comemoração ao Dia Mundial do Teatro e Nacional do Circo, celebrado em 27 de março, a Plantadeira de Histórias Bruna Guimarães, com o apoio da Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (FUNDACC), irá presentear um artista ou artesão com a contação de história de sua vida e carreira.

Para participar, o artista ou artesão interessado deve ter as Oficinas Culturais da FUNDACC como parte de sua trajetória, enviar sua história para a Plantadeira de Histórias pelo WhatsApp: (12) 99611-6317 até o dia 21 de março. Lembrando que a história selecionada terá encenação divulgada no Facebook da Fundação (www.facebook.com/Fundacc) no próximo dia 26, a partir das 19h.

“Quero contar sua história e saber como as Oficinas Culturais puderam colaborar para seu crescimento, seja profissional ou pessoal”, convidou Bruna.

Ela conta que a iniciativa de promover essa ação de presentear um artista com a contação de história foi tomada com o intuito não só de celebrar o Dia Mundial do Teatro e Nacional do Circo, mas também em homenagear uma das iniciativas mais importantes da Fundação: as Oficinas Culturais.

“Muitos artistas, assim como eu, iniciaram sua trajetória nas Oficinas, por isso, acho muito importante chamar atenção para esse projeto, que até mesmo durante o período de pandemia manteve-se presente na vida das pessoas”, disse.

Plantadeira de Histórias

A Plantadeira de Histórias é um projeto de contação personalizada pela internet que nasceu durante a pandemia da Covid-19, em outubro de 2020, e foi a forma que a atriz e arte educadora Bruna Guimarães encontrou para se reinventar e continuar seu trabalho fora dos palcos. “Essa oportunidade me fez renascer, não só como artista, mas como empreendedora”, disse.

Sobre Bruna Guimarães

Bruna Guimarães iniciou sua trajetória no teatro há 15 anos pelas Oficinas de Teatro da FUNDACC. Integrou várias companhias, como: a Cia Teatro de Areia, Grupo de Teatro Popatapataio, A Nova Cia de Artes, Os Satyros, Coletivo Teatral Saturnália, Controvérsias Cia de Teatro, Severina Cia de Teatro.

Desenvolveu o Projeto “Jogar é Preciso – Teatro Para Todos” pelas Oficinas de Teatro da FUNDACC, no bairro Morro do Algodão, e no Centro de Detenção Provisória.

Fundou o Coletivo Navegantes das Artes com o grupo de adolescentes do Morro do Algodão, com quem foi premiada no Festival Estudantil de Teatro de Caraguatatuba (FET).

Para conhecer mais sobre o trabalho realizado pela Plantadeira de Histórias, acesse o Instagram: @plantadeiradehistorias.

Posts Relacionados